© intercalado
Tem palavras que, mesmo depois de pronunciadas, ecoam pelos restos de nossas vidas. Elas costumam serem maiores que qualquer gestos que neguem outras intenções. Tem erros que são irreparáveis e que repercutem no tempo e tornam irreversível a mágoa causada. Tem dores que não latejam, mas que podemos sentir no silêncio das portas fechadas.”
Fred Medeiros. (via autorias)
Como é triste
a tristesa mendigando
um sorriso.”
Zé Ramalho  (via cambaleei)
Tomara que a tristeza te convença, que a saudade não compensa e que a ausência não dá paz. E o verdadeiro amor de quem se ama tece a mesma antiga trama, que não se desfaz. E a coisa mais divina que há no mundo, é viver cada segundo como nunca mais…”
Vinícius de Moraes (via d-engoso)